#OcupaCUT discute papel da juventude na política, com participação dos petroleiros

Quinta, 30 Novembro 2017 09:38

Para marcar os 20 anos do Coletivo da Juventude, o “Ocupa CUT: juventude fazendo história”acontece até esta quinta-feira, 30 de novembro, em São Paulo. Com a presença de jovens de mais de 22 estados e 18 ramos, a atividade contarcom formação política, na preparação para a greve nacional no dia 5/12, e atividade cultural com o ex-prefeito Fernando Haddad, as cantoras Ana Cañas, Preta Rara e Slam das minas de SP.

A juventude petroleira está presente, com representações do Norte Fluminense, Duque de Caxias, Minas Gerais e de vários outros estados, que enviaram jovens sindicalistas e militantes para o Encontro.

A secretária Nacional da Juventude da CUT, Edjane Rodrigues explicou a importância da juventude da CUT se organizar neste momento de retrocessos da política brasileira.“Nossos direitos trabalhistas já foram tirados, agora querem mexer na nossa aposentadoria. Se a Reforma da Previdência for aprovada, prevista para ser votada no próximo dia 6, nós nunca iremos saber o que será a aposentadoria. Vamos trabalhar até morrer?”, conta Edjane.

“A juventude precisa estar unida para continuar lutando em defesa dos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, do campo e da cidade deste país”, complementou Edjane sobre a importância deste encontro para a preparação da greve nacional no próximo dia 5.

Segundo Edjane , que também é agricultora familiar da base da CONTAG, “vivemos num período em que a juventude é a principal afetada com o governo golpista. Seja também no número de desempregados, que pode chegar a 13,1% entre os jovens, seja na retiradas de direitos que tangem o acesso ao ensino superior, com PROUNI, FIES e etc”.

O #OcupaCUT começou na terça-feira, 28, com uma ampla programação, que, além de mesas de discussão sobre conjuntura, desafios da juventude, comunicação, genocídio da juventude negra, conta com um ato show em defesa dos direitos da juventude com a presença de Ana Cañas, que convidou o ex-prefeito Haddad para tocar com você, Preta Rara e Slam das minas de SP.

Confira:

Abertura do Ocupa CUT: juventude fazendo história.
Mística de abertura. Apresentação da organização do Ocupa CUT, sua programação e do Festival e acordos coletivos. Falas de saudação. Apresentação cultural.

Mesa 1: Entender o Brasil e o mundo.
Ementa: analisar a conjuntura, com os elementos que apareceram em nível internacional e

Nacional | Apontar os elementos da crise internacional e nacional Caracterizar a crise brasileira no que tange as questões econômicas, políticas e sociais | Caracterizar a direita e a esquerda | Exemplificar nossos inimigos | Apontar as saídas para o momento | Apontar o papel da juventude nesse cenário.
Composição da mesa: Vagner Freitas (Presidente da CUT Nacional), Jana (AFL-CIO), Genoino (Ex-assessor da CNM) e Marianna Dias (Presidenta da UNE).


Papo-reto + Oficina.
Espaço para diálogo e oficina sobre temas relevantes para a conjuntura e a construção política do Coletivo de Juventude da CUT, tendo como eixo central o debate de democracia e resistência, trazendo nomes importantes que tem refletido obre as questões pontuadas. Momento de interação entre debatedores e público.
 

100 anos da greve geral.
Julio Turra (CUT Nacional).

Temas:
Diálogos com a juventude rural e urbana: MTST e Elisa Guaraná (Socióloga e Prof.(a) da UFRJ).
Coordenação: Jucimara (Fetraf SC).

Comunicação e internet: Roni (Secretario Nacional de Comunicação) e Raissa Galvão (NINJA)
Coordenação: Antonio Hebert (Secretario de Juventude CUT PI).

Juventude e o direito à educação e à cultura: Heleno (Presidente da CNTE) e Annyeli (Secretaria Adjunta de Cultura).
Coordenação: Sabrina (Secretaria de Juventude CUT MG).

Genocídio da Juventude Negra, violência e segurança pública: Rosana Fernandes (Secretaria Adjunta da Secretaria Nacional de Combate ao Racismo) e Juliana Borges

Coordenação: Adryeli (Secretaria de Juventude CUT CE)

Mulheres, diversidade e juventude na luta por direitos: Débora (Secretaria de Mulheres do PT SP), Paloma Santos (CONTRACS) e Leonardo Nogueira (Levante Popular da Juventude).
Coordenação: a confirmar

Festival Ocupa CUT: juventude fazendo história.
Festival político-cultural com apresentação de artísticas e culturais que mostrem o que a juventude está produzindo.
Show: Ana Canãs convida Haddad, Preta Rara e Slam das minas.

Mesa 2: Desafios para a juventude.
Discutir, baseado na conjuntura atual, de grande retirada de direitos, com a Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência, os desafios da juventude e, principalmente, os desafios da juventude trabalhadora, no que tange a sua organização, luta e formação.
Composição da mesa: Edjane (Secretaria Nacional de Juventude da CUT), Artur Henrique (Fundação Perseu Abramo) e Maria Carla Corrachano (Socióloga e Prof.(a) da UFSCAR).

Ato Contra os desmontes em SP
Na praça da Sé às 9h

Plenária Final – Construção da síntese.

Com informações da CUT

Avalie este item
(0 votos)

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700