Dia do Basta: Atos em Campos e em Macaé nesta sexta

Quinta, 09 Agosto 2018 14:06

Do Boletim Nascente - A CUT e demais centrais sindicais estão convocando a população para o Dia Nacional do Basta, em 10 de agosto. O objetivo dessa data é dizer basta de desemprego, de retirada de direitos, de privatizações, de aumentos abusi-vos nos preços dos combustíveis e de sofrimento para o povo brasileiro.

Em Macaé, a Frente Maca-ense de Luta convoca a população para participar de um ato às 17h, na Praça Veríssimo de Melo. Já em Campos dos Goytacazes, a atividade é convocada pela CUT, e começa às 16h, no Calçadão. O Sindipetro-NF participa dos dois protestos e estimula a presença da categoria petroleira.

"Temos que mostrar para o restante do país, que nós não aceitaremos os ataques aos trabalhadores e ao povo mais pobre. Precisamos de um país mais justo e igualitário, por isso convocamos a todos e todas a estar nas ruas no dia 10, nos atos que estão sendo convocados. Vamos dar um Basta!", convoca o coordenador do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra.
Contra a privatização

Em nota conjunta, as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo destacaram que “os trabalhadores também protestam contra a política de preços da Petrobrás e o aumento do gás de cozinha, a política de privatização e os cortes promovidos pelo governo do ilegítimo Michel Temer (MDB-SP) nas políticas sociais, além da liberdade do ex-presidente Lula e seu direito de concorrer à Presidência da República nas eleições de outubro”.

"É o dia para dizer que não aguentamos mais esse governo golpista e queremos que os nossos direitos sejam respeitados. E para que isso aconteça é fundamental que todos participem das atividades neste 10 de agosto em todo o país", também conclama o presidente da CUT, Vagner Freitas.

 

Avalie este item
(0 votos)

 

 

Vídeos da GREVE 2015

PCR x PCAC com Normando Rodrigues

+Vídeos 

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700