FUP pedirá suspensão de eleição do CA da Transpetro depois que candidata foi inabilitada

Sexta, 17 Março 2017 16:37

A candidata ao CA da Transpetro Fabiana Graças Silva dos Anjos teve sua candidatura inabilitada pela Comissão Eleitoral porque não atendia o artigo 25 do regulamento que fala sobre ter formação compatível ao cargo. 

Segundo os representantes dos trabalhadores na Comissão, a candidata apresentou recurso e comprovou possuir formação acadêmica dentro do tempo previsto, mas mesmo assim o recurso foi indeferido. O representante da FUP na Comissão Eleitoral, Leandro Baesso, encaminhou documento à Comissão solicitando que sua inabilitação fosse reconsiderada, mas a Comissão manteve sua decisão. 

No documento, Baesso, argumenta que "a situação é alarmante considerando o fato de que a plataforma online, que é utilizada para envio das candidaturas, não possui recurso para inclusão de documentos. E que tanto o Regulamento Eleitoral, quanto o Edital de Convocação são omissos quanto ao destinatário na entrega do diploma e a candidata foi prejudicada porque não ficou claro no edital a forma ou canal para envio do documento, tão pouco o meio usado pela empresa para comunicação nesse sentido".  

Para a representação dos trabalhadores, como o edital não era claro e a Comissão tinha condições de reverter essa posição, mas os representantes da empresa foram irredutíveis.

Na próxima semana os advogados da FUP entrarão com uma ação individual em nome de Fabiana pedindo a suspensão do processo eleitoral e o recomeço com a inclusão de seu nome no pleito. 

Fabiana dos Anjos é técnica e trabalha no terminal de Madre de Deus na Bahia. Para o diretor do NF, Cláudio Nunes, sua candidatura era a possibilidade de uma mulher negra assumir o Conselho de Administração da Transpetro. 

Avalie este item
(0 votos)

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700