Cesta básica de Macaé cai 1,07% em Junho, acompanhando redução nas 23 capitais do país

Sexta, 14 Julho 2017 14:03

A cesta básica no município de Macaé voltou a apresentar queda em junho, de – 1,07%, com o custo médio de R$388,69. A redução no custo da cesta básica ocorreu pelo segundo mês consecutivo (em maio teve redução de 0,83%). A redução em junho também foi verificada nos preços médios em 23 capitais do país. Considerando os últimos 12 meses, isto é, em relação a junho de 2016, houve uma redução de -2,15%.

TABELA 1

Gasto, variações mensal e anual e tempo de trabalho necessário

Macaé-RJ – Junho de 2017

Produtos

Quantidades

Gasto

 

Variação  (%)

 

Tempo de trabalho

Junho 2017

Maio 2017

 

mensal

em 12 meses

 

Junho 2017

Maio 2017

Carne

6 kg

114,18

113,58

 

0,53

0,00

 

26h49m

26h40m

Leite

7,5 l

28,43

28,35

 

0,28

-2,80

 

6h41m

6h40m

Feijão

4,5 kg

24,21

24,21

 

0,00

-15,82

 

5h41m

5h41m

Arroz

3 kg

10,59

10,35

 

2,32

12,42

 

2h29m

2h26m

Farinha

1,5 kg

4,73

4,67

 

1,28

2,38

 

1h07m

1h06m

Batata

6 kg

16,38

17,40

 

-5,86

-59,07

 

3h51m

4h05m

Tomate

9 kg

37,26

41,13

 

-9,41

20,00

 

8h45m

9h40m

Pão

6 kg

55,80

55,80

 

0,00

-0,64

 

13h06m

13h06m

Café

600 g

14,56

13,97

 

4,22

34,19

 

3h25m

3h17m

Banana

7,5 dz

36,75

37,28

 

-1,42

-1,42

 

8h38m

8h45m

Açúcar

3 kg

10,56

10,68

 

-1,12

9,32

 

2h29m

2h31m

Óleo

900 ml

4,23

4,25

 

-0,47

5,22

 

0h59m

1h00m

Manteiga

750 g

31,01

31,21

 

-0,64

41,28

 

7h17m

7h20m

Total

 

388,69

392,88

 

-1,07

-2,15

 

91h16m

92h15m

Pesquisa Nacional da Cesta Básica

Fonte: DIEESE

 

Na comparação mensal, entre maio e junho de 2017, cinco produtos pesquisados registraram variações positivas do preço médio, sendo apenas o café (4,22%) e o arroz (2,32%) com aumento acima de 2%. Feijão e pão apresentaram estabilidade nos preços médios.

Seis itens apresentaram oscilação negativa do seu custo, entretanto, apenas a batata e o tomate apresentaram queda superior a 2%, tendo a batata redução de -5,86% e o tomate de -9,41%. Contudo, em relação a junho de 2016, os preços médios do tomate apresentaram um valor superior em junho de 2017, com um aumento verificado em 12 meses de 20,00%.

O custo da cesta básica de Macaé representou 92,5% do valor apurado no município do Rio de Janeiro (R$ 420,35) no mês de junho. Durante este mês, o custo do conjunto de alimentos essenciais reduziu em todas as capitais brasileiras. As maiores reduções foram registradas em Porto Alegre (-6,17%), Cuiabá (-5,51%), Palmas (-5,16%), Salvador (-4,85%) e Boa Vista (-4,71%). Já as elevações foram observadas em Fortaleza (0,99%), Macapá (0,43%), São Luís (0,20%) e Rio Branco (0,06%).

O trabalhador que reside em Macaé com rendimento equivalente a um salário mínimo necessitou cumprir uma jornada de 91 horas e 16 minutos para adquirir os itens alimentícios que compõem uma cesta básica individual. O valor gasto com essa cesta representou, em junho, 45% do salário mínimo líquido, ou seja, após os descontos da Previdência Social.

A partir da cesta básica mais cara, que neste mês foi verificada na cidade de Porto Alegre (R$ 443,66), o DIEESE calcula o Salário Mínimo Necessário, ou seja, a quantia necessária para suprir as despesas de uma família composta de quatro membros (dois adultos e duas crianças) com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, conforme estabelece a Constituição Federal. O valor calculado para o mês de junho foi de R$ 3.727,19, ou 3,98 vezes o mínimo de R$ 937,00.

Avalie este item
(0 votos)

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700