Categoria petroleira resgata a campanha “O Petróleo é Nosso” no aniversário de 65 anos da Petrobrás

Quarta, 03 Outubro 2018 13:01

Imprensa Sindipetro-BA - Nesse 03 de outubro de 2018 a Petrobrás completa 65 anos. Uma das maiores empresas petrolíferas do mundo e a maior do Brasil, foi fundada em 1953 no governo de Getúlio Vargas, assumindo a responsabilidade pelo  estudo, extração, refino e distribuição do petróleo do país.

Mas nunca foi fácil o trajeto percorrido por essa grande empresa e seus funcionários para transformar a Petrobrás na gigante que foi durante o governo Lula, chegando a atuar do poço ao posto. 

Nessa época, o valor de mercado da companhia teve crescimento de 1250%. O valor da estatal saltou de US$ 15,4 bilhões em 2002 para US$ 207, 9 bilhões em 2009 e sua posição subiu da 118ª colocação para a 3ª entre as maiores companhias da América, e, em sete oportunidades,  chegou a ficar na segunda colocação entre as americanas.

Foi o boom da descoberta do Pré-Sal, dos investimentos em pesquisa, das construções de plataformas em solo brasileiro, gerando milhares de empregos no Brasil, que também teve sua economia aquecida. 

Entreguistas x nacionalistas


Mas ao longo da história do país sempre houve aqueles que entendiam ser o petróleo um bem precioso ligado diretamente à soberania nacional e outros, que já na década de 1950, eram chamados de entreguistas, e que entendiam  que o Brasil não teria capacidade e sequer técnica para fazer o tratamento correto do petróleo.  

Há quem defenda que a História se repete, acontece em ciclos, mas, claro, em conjunturas diferentes. Antes mesmo da sua fundação, a Petrobrás encontrou enormes obstáculos. Houve um verdadeiro cabo de guerra entre os nacionalistas e os entreguistas. Após a criação do CNP (Conselho Nacional do Petróleo), a população foi às ruas protestar a favor da estatização dos recursos naturais, através da campanha “O Petróleo é Nosso”.

Eleições e o futuro da Petrobrás

Hoje 65 anos depois, nos vemos aqui, trabalhadores e trabalhadoras do Sistema Petrobrás, sindicatos, centrais sindicais, movimentos sociais e boa parte da população, lutando, novamente, pela Petrobrás, contra o desmonte e a venda dessa grande companhia.

Hoje, 65 anos depois, repetimos: “O Petróleo é Nosso”.

A boa notícia é que temos em nossas mãos o poder para garantir que a Petrobrás continue sendo uma estatal, voltada ao seu país e ao seu povo, assim como podemos escolher se nosso futuro será com a preservação dos nossos direitos, empregos e soberania nacional, ou não.

Dia 7 de outubro está próximo. A urna é a sua arma (do bem). O que será o Brasil daqui para frente, só depende de você. 

 

Fonte – Sindipetro Bahia

Avalie este item
(0 votos)

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700