Petroleiro da P-35 emociona com texto sobre aniversário da Petrobrás

Sexta, 05 Outubro 2018 08:52

No último dia 3, a Petrobrás completou 65 anos em meio a um dos maiores ataques privatizantes da sua história. Em texto aos seus colegas de trabalho, um petroleiro da P-35, que preferiu assinar apenas como Douglas, "um pobre cabo foguista do maior petroleiro já construído pela Petrobrás", emociona pela defesa da empresa e pelo alerta que faz sobre este momento do País. Confira:

"Aniversário da Petrobrás

Caros companheiros,  

Hoje é um dia especial para os brasileiros e ao mesmo tempo um dia triste. Comemoramos os 65 anos da maior empresa totalmente brasileira, a PETROBRÁS.

Voltamos à década de 40, segunda guerra mundial. Alemães e ingleses lutam no norte da África pelo petróleo árabe. Hitler invade a União Soviética para se apoderar do petróleo russo do Cáucaso. Quem detivesse o petróleo, alimentaria a máquina de guerra e venceria o conflito.

No Brasil, um escritor chamado Monteiro Lobato (aquele do sítio do pica pau amarelo), organiza junto com os trabalhadores e com os comunistas exilados pela ditadura, uma grande campanha, “ O PETRÓLEO É NOSSO”. Monteiro Lobato foi preso e torturado por defender aquilo que pertence a todos os brasileiros, O NOSSO PETRÓLEO. A PETROBRÁS não pertence a mim, não pertence a vocês; pertence a nossas crianças, pertence aos nossos filhos, pertence aos nossos netos, pertence aos nossos velhos, pertence a todos os brasileiros. Centenas de trabalhadores perderam a vida na construção desta companhia.

Em 1953, Getúlio Vargas cria a PETROBRÁS. Em 1950, é criada a Frota Nacional de Petroleiros, antecessora da Petrobrás e no mastro do navio tanque Vênus, o maior navio tanque sulamericano, é içada pela primeira vez, a bandeira da PETROBRÁS. Quando vejo a Petrobrás vencer desafios, me lembro do grande escritor Monteiro Lobato, me lembro dos trabalhadores mortos na construção da empresa, me lembro dos brasileiros exilados, me lembro dos brasileiros presos e torturados, me lembro de todos aqueles que lutaram para que hoje vejamos a bandeira de nossa empresa tremular no mastro mais alto desta embarcação chamada P-35. Não existe diferença entre petroleiros e contratados, não existe diferença entre um homem de área e um engenheiro. Todos nós somos iguais, todos nós somos trabalhadores, todos nós ajudamos a construir esta companhia. Forças estrangeiras e pseudonacionais tentam destruí-la

TRABALHADORES UNI-VOS !!!!!!!!

Defender a Petrobrás é defender o nosso querido Brasil, é amar a nossa nação além do que os nossos olhos possam enxergar, é ter abandeira BRASILEIRA cravada no nosso peito.

Nos meus sonhos vejo as lágrimas de Monteiro Lobato e ao mesmo tempo, vejo nas suas mãos, a sua caneta disparar balas contra todos aqueles que lutam pelo fim de um sonho chamado PETROBRÁS.

Assinado, um pobre cabo foguista do maior petroleiro já construído pela PETROBRÁS, o JOSÉ BONIFÁCIO, hoje PETROBRÁS 35.

Douglas" 

Avalie este item
(0 votos)

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700