ACT Sistema Petrobrás: Assembleias estão aprovando mobilizações

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Das Imprensas da FUP e do NF – Seguindo o indicativo da FUP e de seus sindicatos, os trabalhadores do Sistema Petrobrás estão aprovando mobilizações nas unidades operacionais e administrativas para fazer a empresa avançar na mesa de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho.

Além das mobilizações, estão sendo aprovados os indicativos de repúdio aos ataques contra a autonomia e a liberdade sindical e a ratificação ao manifesto dos petroleiros em defesa da democracia e do respeito aos resultados das eleições de 2022.

A consulta aos trabalhadores será concluída na sexta-feira, 29, na maioria das bases, mas há sindicatos que ainda terão assembleias até o dia 04 de agosto.

Norte Fluminense

No Norte Fluminense as assembleias começaram no último dia 23, pelas plataformas (que continuam até o domingo, 31, e podem retornar atas até às 12h da segunda, 1º de agosto), e seguem pelas bases de terra.

Nesta quinta, 28, acontece a assembleias no grupo A de Cabiúnas (7h), na sede de Macaé (10h) e no ADM do Parque de Tubos, na Igrejinha (13h). Amanhã, sexta, 29, as assembleias serão para o pessoal de turno em Imbetiba e no Parque de Tubos, ambos às 18h (Entrada no turno) e 19h30 (Saída do turno). No sábado, 30, há assembleia no Grupo B de Cabiúnas, às 7h.

A diretoria do Sindipetro-NF tem destacado que é muito importante a participação da categoria nas assembleias desta semana. Essa pressão da categoria tem relação direta com o potencial de avanços nas rodadas de negociações.

Em vídeo feito após a assembleia da sede de Campos, nesta quarta, 27, o coordenador geral da entidade, Tezeu Bezerra, reforçou o chamado. Confira:

Avaliações das assembleias no NF ao vivo

No programa NF ao vivo de ontem, os diretores Rafael Crespo, Silvando Bispo e Tadeu Porto, e o advogado Adilson de Oliveira, fizeram um balanço das primeiras assembleias na região e avaliaram o cenário de negociações do ACT com a Petrobrás. Um dos assuntos mais discutidos foi a vigência do acordo. Confira:

Contraproposta rejeitada

Na semana passada (20/07), o Conselho Deliberativo da FUP, instância maior de decisão da Federação (composto pela diretoria colegiada e representantes de todos os sindicatos filiados), rejeitou a segunda contraproposta apresentada pela empresa, cuja essência é a mesma da primeira contraproposta que já havia sido rejeitada pela categoria por unanimidade em quase todas as bases.

Em documento encaminhado dia 20/07 à Petrobrás, a FUP cobrou uma nova contraproposta e a realização imediata de reuniões temáticas de negociação para buscar os avanços que a categoria tanto espera. O objetivo é que esses encontros sejam em modo online e aconteçam o quanto antes, com a presença dos dirigentes sindicais que já vêm discutindo com a empresa questões relativas à AMS, ao Banco de Horas, à HETT/Tabelas de Turno, ao Teletrabalho, à SMS, entre outros temas da campanha reivindicatória.

Veja o boletim da FUP

informativo-da-fup-camapnha-reivindicatoria-2022