Aos companheiros e companheiras do Norte Fluminense – É GREVE!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Aos companheiros e companheiras do Norte Fluminense

 

Agora é greve!

 

É chegada a hora. Apesar de todas as adversidades que enfrentamos em razão da pandemia da covid-19, que alterou de modo avassalador a nossa rotina de organização e impôs novas formas de atuação, o sindicato tem se mantido extremamente atuante, especialmente na defesa da saúde dos petroleiros e petroleiras. E agora o momento exige uma sintonia ainda maior entre a entidade e a categoria: vamos à Greve pela Vida.

Os motivos para uma paralisação são fartos e foram enumerados pelo sindicato quando da convocação das assembleias online que aprovaram o indicativo. A greve é uma resposta à negligência da Petrobrás na prevenção à covid-19 em suas instalações, expondo trabalhadores próprios e terceirizados a um nível elevadíssimo de risco de contaminação.

O Sindipetro-NF avalia que o comportamento da gestão da Petrobrás e da Transpetro são extensões do pensamento do governo Bolsonaro acerca da pandemia, de negacionismo e indiferença em relação à preservação da vida.

A entidade tem se mostrado aberta ao diálogo desde o início da pandemia, em março de 2020, com sucessivos oferecimentos de propostas, protocolos e participações em reuniões em busca da adoção de medidas eficazes de prevenção à doença. As empresas, quando não indiferentes, se mostraram hostis às propostas do sindicato.

O comportamento da gestão inclui recusa à divulgação transparente de informações sobre os casos de covid-19; recusa à adoção dos protocolos de testagem e sanitários nas bases de terra e offshore sugeridos pelas entidades, pelo Ministério Público do Trabalho e pela Fundação Osvaldo Cruz; continuidade da produção e de até mesmo atividades não essenciais em condições inseguras; implementação unilateral de uma escala de trabalho extremamente danosa aos trabalhadores, ignorando proposta realizada pelos trabalhadores e atropelando o processo negocial; entre outras ações arbitrárias.

Temos certeza de que este será mais um movimento vitorioso da categoria petroleira, sobretudo porque movido pela justiça das suas reivindicações por um bem essencial, que é a vida. Vamos mostrar que o obscurantismo do governo e da Petrobrás não nos intimida. Juntos e juntas somos muito mais fortes!

Todos e todas à luta e à vida!

Macaé, 03 de maio de 2021

Diretoria Colegiada do Sindipetro-NF