Apreensão entre petroleiros com novos casos de covid-19 em unidades da região

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Sindipetro-NF recebeu hoje e está acompanhando relatos de trabalhadores da Bacia de Campos sobre novos desembarques com suspeita de covid-19. Os casos envolvem as plataformas P-47, P-35 e P-09, que passam por surtos desde a semana passada. A entidade também acompanha casos confirmados na base de Imbetiba, em Macaé.

Na P-47, os relatos dos petroleiros são de descontrole a bordo e grande apreensão, em meio a uma parada de produção — que aumenta o risco de acidentes. Até esta manhã foram desembarcados 28 trabalhadores.

Na P-35, até ontem foram oito os desembarcados, com dois testados positivo e os demais aguardando resultado. Hoje, nove trabalhadores foram desembarcados para testes, com dois suspeitos sintomáticos, além de sete contactantes destes petroleiros. Enquanto da P-9 houve cinco desembarques, com dois confirmados.

Imbetiba

Na base de Imbetiba, dois petroleiros que atuam no laboratório de fluídos testaram positivo — um na última segunda-feira e outro ontem. Eles trabalham em andares diferentes e convivem com aproximadamente 30 pessoas. O sindicato e a categoria cobram da Petrobrás testes PCR para todos estes trabalhadores. Além disso, a entidade questiona se todos são realmente essenciais em presença física ou podem atuar em home office.