Bancários e trabalhadores do saneamento recebem do NF exemplares do livro sobre centenário do Trianon

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Em reunião na manhã de hoje com diretores do Sindicato dos Bancários e do Sindicato dos Trabalhadores no Saneamento, o diretor do Sindipetro-NF, José Maria Rangel, fez a entrega às entidades de exemplares do livro “Nos tempos do Trianon – Campos se diverte!”, impresso com o apoio do NF.

O presidente Helio Anomal e o diretor Claudilei Faguntes receberam exemplares em nome do Sindicato dos Trabalhadores no Saneamento, enquanto os bancários foram representados pelo presidente do sindicato da categoria, Rafanele Alves.

O NF tem percorrido instituições de ensino e culturais, assim como sindicatos e entidades dos movimentos sociais, para fazer a entrega do livro. O objetivo é contribuir na preservação da memória e da cultura locais.

Entre as entregas recentes de exemplares feitas pelo sindicato estão as realizadas no Arquivo Público Municipal de Campos dos Goytacazes e na UFF (Universidade Federal Fluminense) de Campos dos Goytacazes.

O livro sobre o antigo Trianon foi produzido para celebrar o centenário da inauguração do teatro, por meio de pesquisa da historiadora Juliana Carneiro e do historiador Victor Melo. Em um dos textos de apresentação da obra, o coordenador geral do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, lembra a relação afetiva da categoria petroleira de Campos dos Goytacazes, com o espaço cultural histórico.

“A colunas do Trianon, com as suas frisas, balcões, camarotes e galerias, foram derrubadas na terra goitacá no mesmo período em que, no mar da Bacia de Campos, descobria-se o petróleo que viria a marcar um novo ciclo econômico. O primeiro campo, o de Garoupa, foi descoberto em 1974. O Trianon foi demolido em 1975, mesmo ano em que se descobriu o segundo campo de exploração, o de Namorado. E no ano seguinte, 1976, o de Enchova. Uma luz no palco que se apagava no Boulevard, enquanto chamas começavam a ser acesas nos queimadores no alto das torres das plataformas”, comparou Tezeu.

Atos Fora Bolsonaro dia 12

O encontro entre sindicalistas também discutiu a organização, para o próximo dia 12, de atos em Campos dos Goytacazes para abrir os protestos “Fora, Bolsonaro”. Os atos nacionais estão sendo chamados para o feriado de 15 de novembro. Na região, no entanto, o NF e demais entidades programam uma antecipação.

 

[Fotos: Luciana Fonseca / Para Imprensa do NF]