Café da Manhã para população de rua marca ato “Bolsonaro nunca mais” em Macaé

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Para marcar o dia de protestos “Bolsonaro Nunca Mais”  na cidade de Macaé, as diretoras do Sindipetro-NF, Bárbara Bezerra e Jancileide Morgado, promoveram um Café da Manhã, às 8h, na Praça Veríssimo de Mello voltado para a população de rua e transeuntes.

O objetivo é mostrar que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) provocou um imenso desmonte nas políticas públicas que vinham gerando avanços sociais significativos para a população brasileira,  e que a destruição desses instrumentos impactou fortemente as mulheres. Por isso, as mulheres dos movimentos sindicais e sociais promovem os atos no Brasil todo.

“Em alusão aos atos nacionais das mulheres, chamados pela CUT, distribuímos um café da manhã hoje as pessoas em situação de rua na Praça Veríssimo de Melo em Macaé. Para reforçamos o “Fora Bolsonaro” distribuímos o clássico pão com mortadela, que hoje virou um luxo na mesa do povo brasileiro” – explicou a diretora do Sindipetro-NF, Bárbara Bezerra, que lembra que também foi entregue um pacote de fraldas descartáveis a um pai com necessidades.

“A luta pela derrubada de Bolsonaro do poder é uma luta em defesa da vida das mulheres, que coloca a agenda contra a fome, a carestia, a violência, pela saúde e pelos direitos reprodutivos das mulheres. É uma luta em defesa dos serviços públicos gratuitos e de qualidade. É para abrir um diálogo com a maioria que tem sofrido com a fome, com a perda de seus entes queridos, com a violência e com o desemprego”, diz trecho do manifesto de convocatória para as manifestações.

As diretoras do Sindipetro-NF lembram que quem não puder participar presencialmente pode assinar o manifesto virtual acessando o site https://bolsonaronuncamais.com.br/