Após suspender EOR e pandemia avançar, Petrobrás chama reunião. Categoria pode colaborar com sugestões

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Informe FUP, Sindipetro-NF e Sindipetro-ES

 

Diante do caos a bordo das plataformas e da incapacidade da Petrobrás em garantir a saúde da categoria petroleira, a FUP, o Sindipetro-NF e o Sindipetro-ES estarão apresentando um novo plano emergencial de combate ao Coronavirus.

Na última rodada de assembleias a categoria aprovou o procedimento emergencial feito em parceria com a FIOCRUZ. Agora, enfrentando o agravamento da pandemia, os petroleiros e petroleiras poderão contribuir para evitar que o virus continue avançando nas plataformas e colocando em risco a vida de todos e todas.

Pedimos que cada um e cada uma envie para o WhatsApp  022981781594 ou pelo e-mail [email protected], até a próxima segunda-feira (29/03) às 14h,sugestões de como podemos enfrentar esse vírus e garantir que o voltemos para as nossas casas livres da COVID-19.

Desde o início da pandemia, o Sindipetro-NF tem denunciado aos órgãos fiscalizadores diversos descumprimentos de procedimentos que poderiam minimizar a contaminação, apresentado sugestões de novas formas de combate e prevenção ao Coronavirus, acolhido os companheiros doentes, e por último realizado testes para os petroleiros e petroleiras que desembarcam, já que a Petrobrás se recusa a fazer.

“Temos tentado manter o diálogo com a empresa, porém mesmo no momento mais difícil que enfrentamos na pandemia desde o seu começo, a empresa suspendeu as reuniões semanais de EOR e não tem cumprido sequer os protocolos já compromissados com os sindicatos e os órgãos fiscalizadores. Hoje fomos surpreendidos com uma ligação da empresa pedindo uma reunião para negociar uma escala de 21×21 que ficou marcada para próxima terça-feira, 30.” Denuncia o coordenador do Sindipetro-NF Tezeu Bezerra.

 

Carta RH-RS-NS 0125-2021 - Sindipetro NF e Sindipetro ES - COVID 19 - Reunião Emergencial