Covid-19: Situação crítica na P-48 com desembarque de 15 petroleiros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Sindipetro-NF está acompanhando hoje a situação crítica da plataforma P-48, na Bacia de Campos, em relação ao risco de contágio de Covid-19. A unidade, que havia confirmado cinco casos, voltou a desembarcar petroleiros com sintomas. Ao longo desta semana, 15 desembarques foram feitos.

O sindicato já havia denunciado o caso ao Ministério Público do Trabalho, além de cobrado providências da Petrobrás, mas reforçará hoje a denúncia junto ao MPT e a cobrança à companhia.

De acordo com o coordenador geral do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, a Petrobrás precisa desembarcar preventivamente mais trabalhadores, fazer a desinfecção da unidade e, se necessário, até mesmo parar a produção.

“A apreensão é muito grande a bordo. Até porque a gente sabe que muitos trabalhadores evitam relatar sintomas, com medo de perderem os empregos ou serem prejudicados de alguma forma, o que indica que a situação certamente é ainda mais grave”, explica Tezeu.

O Sindipetro-NF mantém a vigilância atenta em relação ao caso. A entidade solicita aos petroleiros e petroleiras que mantenham o envio de relatos sobre a situação para [email protected]