FUP e sindicatos se reúnem hoje com órgãos fiscalizadores para tratar de covid-19 na Petrobrás

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A FUP e seus sindicatos se reúnem na manhã de hoje, a partir das 10h30, com representantes do Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho (DSST) do Ministério da Economia, da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) e da Confederação Nacional do Ramo Químico (CNRQ). As entidades discutem com os órgãos a prevenção à covid-19 nas instalações da Petrobrás.

O Sindipetro-NF será representado na reunião pelo coordenador do Departamento de Saúde, Alexandre Vieira. O NF tem denunciado a negligência da gestão da companhia no enfrentamento à pandemia. Diversos surtos em plataformas da região foram registrados e, ainda assim, recomendações do sindicato e do Ministério Público do Trabalho, referendadas pela Fiocruz, são insistentemente descumpridas pela empresa.

A reunião de hoje contará com apresentação das ações sindicais referentes aos pedidos de postergação das Paradas de Manutenção. Além disso, serão abordados pontos considerados críticos pelo movimento sindical e não atendidos pela Petrobrás, no que se refere ao combate à Pandemia.

Diálogo

Este é o segundo encontro entre a FUP e seus sindicatos e os órgãos fiscalizadores em uma nova etapa de diálogos pela prevenção à covid-19 na Petrobrás. No último dia 20, uma reunião entre estes agentes listou desafios e pautas conjuntas das entidades.

Foram estabelecidos “planos e estratégias para o devido acompanhamento e cobrança das ações a serem executadas pelas empresas do setor de óleo e gás, em especial a Petrobrás, no tocante às barreiras para contenção da covid nos ambientes de trabalho e a realização das Paradas de Manutenção que estão em execução e programadas”, informou a FUP.

Entre os encaminhamentos definidos está o de que “os órgãos governamentais de fiscalização continuarão a se reunir com as empresas, prática já em execução, para acompanhar de perto as ações executadas e apuração de denúncias referentes à questão”.

Também foi estabelecido a criação, pelo DSST, de um fórum tripartite para apuração e acompanhamento das questões referentes à covid e a Paradas de Manutenção.

E foi definida ainda uma “agenda dos órgãos governamentais, com a FUP e Sindicatos, para o estabelecimento de ações visando uma atuação conjunta frente às empresas, no tocante à proteção dos trabalhadores, diante da pandemia da COVID-19.

De acordo com diretor sindical Raimundo Teles, da Secretaria de Saúde da FUP, reuniões como essas são muito importantes porque permitem “passar de forma coletiva para os órgãos de fiscalização quais são nossas preocupações, nossas cobranças e nossas demandas”.

[Das Imprensas do NF e da FUP]