Macaé e Campos têm atos amanhã pelo Dia da Mulher

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Uma série de atos públicos promovidos pelos movimentos sindical e social vão marcar, amanhã, o Dia Internacional da Mulher em todo o país. No Norte Fluminense, o Sindipetro-NF participa das atividades em Macaé (a partir das 10h, na Praça Veríssimo de Melo) e em Campos dos Goytacazes (a partir das 14 h, no Pelourinho, no Calçadão).

Os atos têm como destaque a cobrança por políticas públicas para as mulheres, além da denúncia sobre o feminicídio e a violência contra a mulher em geral, acentuados no governo Bolsonaro. De acordo com a diretora do Sindipetro-NF, Bárbara Bezerra, o sindicato também chamará a atenção para o debate acerca da pobreza menstrual, com o lançamento, em breve, de campanha de arrecadação de absorventes íntimos para inclusão nas cestas básicas distribuídas pela Campanha Petroleiro Solidário.

“Parece que as mulheres começaram a menstruar agora, de tão pouco que se falava no tema da pobreza menstrual”, afirma Bárbara, reforçando a necessidade de enfrentar o problema que afasta cotidianamente milhares de mulheres dos estudos, do trabalho e do convívio social. No Brasil, uma em cada quatro mulheres admite ter deixado de ir à escola, por exemplo, por não poder comprar um absorvente.

A campanha do Sindipetro-NF pela doação de absorventes será estrelada pela atriz e poetisa Elisa Lucinda, que esteve em Campos dos Goytacazes, no último dia 4, para gravar a sua participação nas peças. As doações de absorventes de qualquer tamanho podem ser feitas nas sedes do Sindipetro-NF em Campos (Av. 28 de Março, 485 – Centro) ou Macaé (Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 – Centro).