Menu fechado

Nascente Setor Privado 182

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

NF termina o ano com nove acordos fechados

Trabalhadores de quatro empresas tiveram reajustes acima da inflação medida pelo Dieese

O ano de 2019 foi difícil para a classe trabalhadora porque começaram a ser sentidos nas negociações os reflexos da Reforma Trabalhista. Além disso, agora no final do ano o governo Bolsonaro apresentou a Medida Provisória 905/2019 que ataca direitos fundamentais dos trabalhadores, que afetam diretamente várias categorias, como a extinção dos registros profissionais, o aumento da jornada de trabalho, tentando impor trabalho nos finais de semana e a definição da PLR sem negociação com os sindicatos. Enquanto isso, no final do terceiro trimestre deste ano o país ainda tinha 12,5 milhões de desempregados.
Esse cenário refletiu em cheio na negociação dos Acordos Coletivos de Trabalho. O Sindipetro-NF negocia ACTs para trabalhadores de 12 empresas (Oiltanking Serviços, Oiltanking Logística, Tetra, Champion/Ecolab, Schlumberger, Expro, Baker/GE, Halliburton, Cetco, Superior, Frank’s e Falcão Bauer). Até o dia 10 de dezembro, o sindicato havia fechado nove Acordos Coletivos e estava em negociação de quatro.
Apesar das tentativas das empresas de retirar benefícios da categoria em mesa de negociação, todas elas foram revertidas. Duas empresas reajustaram os salários pelo ICV do Dieese, três deram reajuste abaixo da inflação e quatro acima da inflação.
Veja como andam as negociações em aberto:

OilTanking – Sindicato realizará no dia 23 de dezembro uma setorial com os trabalhadores dos grupos C e D.

Tetra – Os trabalhadores rejeitaram a proposta da empresa em assembleia. As negociações serão reabertas e a próxima mesa está marcada para o dia 12 de dezembro, às 14 horas, na sede do sindicato.

Halliburton – A proposta apresentada pela empresa oferece um índice de reajuste abaixo da inflação do período O Sindipetro convoca assembleia dos trabalhadores para o dia 18 de dezembro, às 18h, na sede do sindicato em Macaé.

Cetco – reunião com a empresa para fechamento do Acordo Coletivo, dia 12 de dezembro, às 9 horas, no sindicato em Macaé.

Transporte aéreo

Fim dos embarques por Campos

A Petrobrás está dando um presente da Natal às avessas para os petroleiros. A empresa informou aos trabalhadores, na semana passada, que não vai mais realizar embarques e desembarques no aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos dos Goytacazes, a partir do próximo dia 25. A medida altera a rotina de cerca de 1000 passageiros, tanto da Petrobrás, quanto de suas contratadas, que deixam utilizar o local. Além disso, promove mudanças nos horários de aproximadamente 100 voos para a Bacia de Campos nos demais aeroportos da região.
O Sindipetro-NF, que foi informado da mudança pela categoria, condena a mudança, sobretudo pelo modo abrupto como está sendo feita. De acordo com a entidade, em alterações passadas, o acordado era que os trabalhadores fossem informados com 90 dias de antecedência, para que pudessem fazer uma melhor programação pessoal.
Nesta época do ano, as passagens aéreas e preços de hospedagens estão mais caros. O sindicato tem recebido relatos de trabalhadores que estão tendo dificuldades para fazer as trocas dos voos para os novos locais de embarque.
A maioria dos voos que eram operados no Bartolomeu Lisandro serão redistribuídos para o Heliporto do Farol de São Tomé e para o aeroporto de Macaé. Um voo será direcionado para o aeroporto de Vitória.
O sindicato continua a pressionar a Petrobrás para gere o menor impacto possível sobre os trabalhadores, e solicita à categoria que mantenha a entidade informada sobre os transtornos criados, pelo e-mail [email protected]

Curtas

Saúde na Alerj
Na segunda, 09, o diretor do Sindipetro-NF e da CUT/RJ, Sergio Borges participou da atividade, que tratou da denúncia de descumprimento de leis e normas de trabalho por parte de empresas e do governo, o que estaria causando prejuízos à saúde e segurança dos trabalhadores e ao meio ambiente do Rio de Janeiro.

Falcão Bauer
O Sindipetro-NF já está recebendo propostas da categoria para inclusão de cláusulas na proposta de pauta de reivindicações dos trabalhadores, cuja data base é novembro. Essas propostas devem ser encaminhadas pelo e-mail [email protected]

Recesso
Entre 21 de dezembro a 5 de janeiro, o Sindipetro-NF entrará de recesso de final de ano. Durante essas datas, as sedes estarão fechadas e não haverá atendimento administrativo.
Caso a categoria tenha algum problema, deve entrar em contato pelos telefones no site (bit.ly/2LD4nQe) ou por e-mail.