NF adere ao “Lockdown em defesa da vida” e realiza ato no Farol de São Tomé

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Sindipetro-NF, seguindo orientação da CUT  e da FUP, realiza na manhã desta quarta, 24,  um ato no Aeroporto do Farol de São Tomé, em adesão ao “Lockdown em Defesa Da Vida e dos Direitos”. Estão programadas falas dos diretores às 9h e às 10h30, além de colocação de faixas denunciando as quase 3 mil mortes diárias de pessoas vítimas de COVID-19.

A mobilização também será mais uma forma de denunciar a “irresponsabilidade do governo federal, que levou o país ao pior colapso sanitário e hospitalar de sua história e transformou o Brasil em exemplo mundial de fracasso e de falta de políticas públicas para conter a disseminação da Covid-19”, conforme destacam as centrais sindicais.

“Lockdown em Defesa Da Vida e dos Direitos” cobrará vacinação em massa, a manutenção dos empregos  e a retomada do auxílio emergencial com parcelas de, no mínimo, R$ 600,00.

A orientação do Sindipetro-NF e da FUP é que todos os trabalhadores do Sistema Petrobrás, próprios e terceirizados participem das atividades e protestos virtuais, como o Twitaço a partir das 8h do dia 24.