NF participa de audiência da Alerj sobre saúde da categoria petroleira na pandemia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O coordenador geral do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, e o médico do trabalho da entidade, Ricardo Garcia Duarte, participam na próxima terça, 11, às 10h, de audiência pública da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) sobre “as condições de trabalho e de saúde das petroleiras e dos petroleiros em tempos de pandemia”.

Convocada pela Comissão de Trabalho, Seguridade e Legislação Social (Ctrab), a audiência também vai ouvir outros representantes da categoria petroleira, como o Sindipetro-Caxias e o Sindipetro-RJ.

De acordo com a comissão, o objetivo é “levantar informações sobre questões relativas ao tema e cobrar planos de contingência da Petrobras, do Consórcio do Comperj e de órgãos públicos de saúde”.

Além dos representantes dos petroleiros e petroleiras, participam a deputada Mônica Francisco (Psol), da Comissão de Trabalho; a deputada Marta Rocha (PDT), da comissão de Saúde; e o deputado federal Glauber Braga (Psol-RJ).

A audiência contará ainda com a contribuição da pesquisadora da Fiocruz, Liliane Teixeira, e de representantes da Superintendência Regional do Trabalho (do extinto Ministério do Trabalho), do Ministério Público do Trabalho, da Secretaria de Estado de Saúde, do Consórcio do Comperj e da Petrobrás.

Surto na P-50

O Sindipetro-NF tem denunciado o elevado risco a que as petroleiras e os petroleiros estão sendo submetidos nas áreas de trabalho. Ontem, o sindicato mostrou a situação grave de surto na plataforma P-50, na Bacia de Campos.

“Na terça-feira, 4, foi realizado um teste a bordo e o número de contaminados subiu de 13 na segunda, para 42 ontem (quarta). Desse total, 19 pessoas desembarcaram, 23 estão positivas a bordo, em sete os testes foram inconclusivos e 118 deram negativo. Um aumento de 223,07 % dos casos. O POB (número de pessoas a bordo) da unidade é de 167 pessoas na unidade”, denunciou o sindicato.