Petroleiros e petroleiras iniciam mobilizações por um ACT digno e contra a privatização

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Da Imprensa da FUP – Após a intransigência da gestão bolsonarista da empresa, que insiste na indecorosa proposta de ACT, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) iniciaram as mobilizações na Refinaria Presidente Bernardes (RPBC) em Cubatão.

A categoria petroleira tem também participado ativamente dos atos por democracia e pela reconstrução do país, se organizando em comitês populares de luta junto com os sindicatos e movimentos sociais, e participará dos atos em todo o país no dia 11 de agosto.

No ato desta sexta-feira participaram petroleiros do Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Norte Fluminense, Unificado de São Paulo e aposentados do Litoral Paulista. Diretores da FUP de várias regiões do Brasil participaram do ato.

Luta unificada!

A luta unificada busca um ACT digno, com avanço nas cláusulas sociais e na AMS, ganho real e reposição das perdas salariais. Os 17 sindipetros aumentaram a pressão por uma nova proposta de acordo digna e que atenda as reivindicações da categoria, já que a empresa vem enrolando a categoria, pressionando para assinar um acordo indecoroso às presas.

Enquanto os acionistas da Petrobrás enchem o bolso de dinheiro, a alta cúpula da empresa oferece migalhas à força de trabalho, trata com desdém as reivindicações e tenta empurrar um calendário de reuniões temáticas que se estende até o dia 11 de agosto para “ganhar tempo”.

Contra a privatização!

As mobilizações também têm como pauta a privatização da Petrobrás que segue em curso graças à sanha privatista do atual governo. Assim como nos anos 90, quando grande parte das estatais foram vendidas a preço de banana, o processo tem sido o mesmo: sucateamento, retirada de direitos, desmoralização da força de trabalho e descrédito das companhias frente à opinião pública, com campanhas massivas da mídia.

Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo, a FUP realizará atos conjuntos com a FNP ao longo da campanha reivindicatória e em defesa do Sistema Petrobrás e da soberania.

Veja o calendário:

11/08 – Ato às 07h na REPLAN (Paulínia/São Paulo)
11/08 – Atos em Defesa da Democracia, às 11h, no Largo de São Francisco, e às 16h na Avenida Paulista, em frente ao MASP (São Paulo)
12/08 – Ato às 11h no EDISEN (Rio de Janeiro)
16/08 – Ato às 7h na REPAR (Araucária/Paraná)
17/08 – Ato às 7h na SIX (Paraná)
19/08 – Ato às 7h na REFAP (Rio Grande do Sul)
23/08 – Ato às 7h na REVAP (São José dos Campos/São Paulo)
24/08 – Ato às 7h na REDUC (Duque de Caxias/Rio de Janeiro)
25/08 – Ato no Norte Fluminense (Rio de Janeiro)