Plataforma de P-31 com suspeita de surto de COVID

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A plataforma de P-31 está em lockdown desde ontem 15 de abril. A categoria petroleira denunciou ao NF que a equipe do laboratório estava a bordo da unidade realizando testagem em todo pessoal. No dia 4 de abril aconteceu uma testagem onde foram detectados 8 casos positivos,1 inconclusivo e nove contactantes. Todos desceram no dia 6 de abril.

Segundo relatos, do dia 07 de abril  até hoje, dez camarotes foram isolados e 11 pessoas desembarcadas em vôo sanitário que testaram positivo. Ontem, dia 15, foram desembarcadas 22 pessoas com suspeita de COVID-19.

“A diretoria do sindicato ainda não teve conhecimento do resultado dos testes, mas o fato de ter equipe a bordo fazendo testagem é um indício de surto” – explica o Coordenador do Departamento de Saúde, Alexandre Vieira.

Os surtos nas plataformas não param!  Só essa semana o sindicato informou o óbito de dois trabalhadores vítimas da COVID. Em Março, cinco plataformas apresentaram surtos da doença. Por conta disso o Sindipetro-NF encaminhou uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho solicitando que a Petrobrás fosse notificada e esclarecesse o motivo do surto da doença no mês de março e apresentasse todas as medidas por tomadas em relação ao isolamento e testagem dos trabalhadores.

Para a diretoria do NF, os surtos da doença são frutos de uma gestão genocida e negacionista que valoriza o lucro e não preserva vidas.