Primeiro de Maio em Campos e Macaé com ato público na sexta e atividades culturais no domingo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Dia dos Trabalhadores e Trabalhadoras vai ser marcado no Norte Fluminense por atividades políticas e culturais. A primeira delas será nesta sexta-feira, 29, com ato público partindo do Sindicato dos Bancários em Campos dos Goytacazes, às 8h, em direção ao Calçadão, no Centro. Mais focado nas pautas emergenciais da classe trabalhadora, este ato tem o formato sindical mais tradicional e vai levar à população os debates sobre a conjuntura dramática do país.

A CUT e demais centrais definiram que os sindicatos priorizarão em suas atividades referentes ao 1º de Maio os problemas população brasileira, que convive com altas taxas de desemprego, inflação, ataques aos direitos sociais e trabalhistas, à democracia e à vida. O Sindipetro-NF atua na organização destes atos na região em parceria com as demais entidades sindicais de Macaé e de Campos dos Goytacazes, assim como movimentos sociais.

Conscientização e cultura

Duas outras atividades na região vão unir a mensagem política com atrações culturais para mobilizar a população. Também em Campos dos Goytacazes, uma concentração cultural, com debates e atrações musicais, vai acontecer no Parque Rosário. De acordo com o diretor do Sindipetro-NF, Luiz Carlos Mendonça, que organiza o evento, o objetivo é reunir os trabalhadores e trabalhadoras do bairro em um momento lúdico e de conscientização política.

A concentração cultural será integrada por apresentações de samba, mpb, hip hop e mostra de artesanato, além de Roda de Conversa com Professor Roberto Moraes com o tema “Momento de reflexão e de luta por uma sociedade mais justa e igualitária”, na rua Carlos Lacerda, 556, a partir das 9h. Em seguida, às 18h, haverá mostra de vídeos populares na lanchonete Jac Lanches (rua Carlos Lacerda, 226, esquina com Princesa Isabel).

Sons da resistência em Macaé

Em Macaé, a atividade recebeu o nome de Sons da Resistência e tem como objetivo ser o início de um projeto permanente. Será no próprio dia 1º, das 12h às 18h, na praça do bairro Visconde de Araújo. Haverá apresentações dos grupos Regional do Biguá e Mistura Rica.

A diretora do Sindipetro-NF, Bárbara Bezerra, explica que a proposta foi construída por uma frente de entidades sindicais de Macaé (SEEB-Macaé e Região, Sindservi, Sinpro, SintectRJ, Jornalistas do Estado RJ e Sindipetro-NF), com o propósito de promover ações culturais de forma itinerante em praças populares do município.

“Através da cultura podemos dialogar com as nossas categorias, que têm no dia 1º de Maio uma data marcante, simbólica. A gente traz a cultura muito num pensamento de que trabalhador não é aquela figura só de guerrear, de sofrer, de se esforçar. O trabalhador também precisa de cultura, de lazer, de prazer, e a arte é um direito também. E todo ato cultural é um ato político”, afirma a diretora.

Atos pelo país

Neste ano, a celebração do Dia Internacional do Trabalhador e da Trabalhadora volta às ruas após dois anos de eventos online em virtude do isolamento social para conter o avanço da pandemia da covid-19. O tema nacional das atividades é “Emprego, Direitos, Democracia e Vida”.

O ato principal será realizado em São Paulo, na Praça Charles Muller, no Pacaembu, a partir das 10h, e está sendo organizado pela CUT, Força Sindical, CTB, UGT, NCST, Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, e Pública. Uma sequência de shows musicais e de outras atrações culturais terá transmissão online pelos canais da CUT e pela TVT. Também há ato programado para o Rio de Janeiro e demais capitais (veja todos em is.gd/atos1maio).

Atividades com participação do Sindipetro-NF no Primeiro de Maio do Norte Fluminense:

Campos
Sexta, 29/04
8h – Ato com saída do Sindicato dos Bancários em direção ao Calçadão.
Domingo, 01/05
9h às 15h – Concentração cultural no Parque Rosário e Roda de Conversa com Professor Roberto Moraes (Rua Carlos Lacerda, 556).
18h às 21h — Mostra de vídeos populares (Lanchonete Jac Lanches – Rua Carlos Lacerda, 226).

Macaé
Domingo, 01/05
12h às 18h – Sons da Resistência na Praça do Visconde.