Relatos emocionados sobre situação do Covid nas plataformas chegam diariamente ao Sindipetro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Sindipetro-NF tem recebido diariamente inúmeros relatos de trabalhadores a bordo das plataformas de petróleo ou de familiares preocupados com a situação da pandemia de Covid nas unidades. São mensagens de pessoas que falam de abandono, pedem ajuda e sensibilizam quem as lê. Chegam através de e-mail, redes sociais, relatos nos aeroportos e ligações telefônicas.

Desde março de 2020, a direção sindical tem questionado de maneira insistente a Petrobrás e agora ainda mais, cobrando em paralelo uma ação urgente por parte dos órgãos de fiscalização (Anvisa) e Ministério Público do Trabalho (MPT). Também já encaminhou denúncias ao MPT e pretende entrar na justiça pedindo desembarque dos trabalhadores e interdição imediata de todas as unidades que passam por surtos.

Na tarde desta sexta, 21, a Federação Única dos Petroleiros se reúne com a direção da Petrobrás para tratar da situação da pandemia na empresa. Neste sábado, a diretoria do Sindipetro-NF se reunirá para definir os próximos encaminhamentos com base no resultado dessa reunião.

 

Veja abaixo alguns relatos que chegaram ao Sindipetro-NF

 

Ainda estamos aqui  sem nenhuma informação do que vai acontecer com todos a bordo da plataforma. O descaso predomina! Já estão faltando pessoas para preparar as refeições e fazer a limpeza. O pessoal da carga que está retirando o lixo.

Muitas embalagens de quentinhas ficam pelo chão do corredor.  Pelo visto, quem testou negativo em breve vai adquirir o vírus. Isso é desumano! Fora a questão psicológica dos trabalhadores.

Trabalhador

 

Um camarote pequeno, com três pessoas presas com gripe forte. Os três estão colocando catarro para fora, nos alimentamos muito mal e por escala, um por vez, por causa do uso da máscara. Estamos no mesmo ambiente, onde todos fazemos nossas necessidades fisiológicas e nos alimentando ao mesmo tempo.

Tá complicado!

Precisamos que o sindicato intervenha para nos ajudar.

Trabalhador

 

 

Sou mãe de um colaborador que está no hotel aguardando para embarcar para um flotel.

Está um caos lá em cima e estou muito preocupada, não só com o meu filho, mas com todos que estão a bordo.

O surto de Covid, está aumentando a cada dia e ninguém toma nenhuma providência. Pessoas infectadas a bordo sem poder desembarcar por falta de aeronaves, pessoas q deram negativo, no meio desse caos e pessoas no hotel sem saber se irão embarcar ou não.

O descaso e muito grande, porque não passam nenhuma informação.

Por isso venho pedir a ajuda ao sindicato!!

Eles (gestores) estão achando que é só uma gripezinha, mas não é!!

E está virando uma bola de neve!!

O correto seria evacuar todos e desinfectar o flotel, para depois o pessoal subir novamente!!

 

Mãe de trabalhador