Sindicato orienta petroleiro a gravar coação das chefias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Mais uma forma de coação das chefias está sendo denunciada por trabalhadores ao Sindipetro-NF. Gerentes de plataformas, supervisores e coordenadores estão telefonando para petroleiros em folga, próximos do dia do embarque, para saber se vão ou não aderir à greve.

O sindicato orienta que o trabalhador não informe sobre esta decisão, que é tomada coletivamente a bordo das unidades. Assim como ocorreu com os termos de entrega do posto de trabalho e de desembarque (saiba mais aqui), os petroleiros em greve não devem aceitar abordagens individuais das chefias. Toda a subordinação está suspensa durante a greve e a relação se dá apenas entre a empresa e o sindicato.

O NF indica que os petroleiros baixem em seus celulares aplicativos que gravem as conversas, para que sejam registradas as coações das chefias. Os áudios podem ser enviados para [email protected] Um exemplo de aplicativo, para android, é o Automatic Call Recorder, disponível aqui

De acordo com o Departamento Jurídico do Sindipetro-NF, a gravação de uma conversa por um dos interlocutores não é ilegal. Para o sindicato, é uma forma de exercer justiça contra a coação e a prática antissindical das chefias.