Sindipetro-NF entrega doações de absorventes no presídio feminino de Campos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Fruto da Campanha de Combate à Pobreza Menstrual que foi iniciada pelo Sindipetro-NF no mês de março, dirigentes sindicais estiveram na tarde desta quarta, 6 de abril, entregando absorventes no Presídio Feminino Nilza da Silva Santos em Campos dos Goytacazes. Essas mulheres que estão encarceradas não tem acesso aos absorventes como política pública do Estado.

Representando a entidade, as diretoras Bárbara Bezerra e Jancileide Morgado, e os diretores Tezeu Bezerra e José Maria Rangel, levaram as doações de absorventes higiênicos para as detentas.“As mulheres em situação de cárcere não recebem absorventes do Estado. Utilizam miolo de pão, paninhos em pedaços de plástico e outros artifícios quando menstruadas”, relata Bárbara.

O diretor do Sindipetro-NF, Zé Maria Rangel avaliou a atividade como de imensa importância para essas mulheres. “É o Sindipetro-NF em sintonia com essa triste realidade da sociedade que discrimina e massacra as mulheres” – comentou Rangel.

As detentas fazem parte do grupo de mulheres em pobreza menstrual, que não tem acesso aos absorventes para conter o fluxo menstrual. “A pobreza menstrual existe nas comunidades carentes e nos presídios, onde o absorvente é um artigo de luxo. É preciso lutar por políticas públicas que envolvem também mais informação e locais adequados para higiene que incluam essas pessoas” – alertou Jancileide.

Veja o vídeo da entrega dos absorventes: