Sindipetro-NF envia ofício à Petrobrás e órgãos competentes requerendo medidas de prevenção a Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense enviou um ofício a Petrobrás com cópia para os órgãos competentes (ANP, ANVISA, superintendência Regional do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro, Marinha, e IBAMA) requerendo, que algumas medidas urgentes sejam tomadas, para garantir a vida dos trabalhadores, diante do novo avanço da pandemia e do alarmante número de contaminados nas plataformas.

 

No documento, o sindicato pede o desembarque de todos os trabalhadores, próprios e terceirizados, com mais de 15 dias a bordo, bem como todos os suspeitos, confirmados, e/ou contactantes de Covid-19.

 

A entidade também pediu a paralisação dos embarques para as unidades até que todos os trabalhadores contaminados ou suspeitos desembarquem e as plataformas sejam desinfectadas.

 

O ofício também requerer a cessação das atividades de produção de óleo e gás mantidas em sua base territorial, em todas as unidades, por meio de paradas técnicas controladas, promovendo-se a redução dos efetivos de trabalhadores a bordo ao mínimo indispensável à garantia das condições de flutuabilidade marinharia, navegabilidade e habitalidade, pelo período necessário para desembarque dos contaminados.

 

O Sindicato também quer uma  cópia de todos procedimentos, notas técnicas, orientações e protocolos da Petrobrás relacionadas a eventual prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19 nos locais de trabalho. Além das  informações das unidades que estão em surto, número de trabalhadores foram confirmados com Covid-19, número de suspeitos, contactantes de 10 de janeiro até a presente data.

Ofício 024-2022 - Parada Plataformas - COVID