X PlenaFUP aprova construção responsável da Unidade da Categoria Petroleira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

[FUP]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) segue a concepção de que juntos somos mais fortes e historicamente temos trabalhado nesse sentido. Enquanto o governo e os patrões tentam fragmentar a classe trabalhadora, através de ataques às instituições sindicais e da tentativa de imposição de acordos individuais, o movimento sindical reafirma a unidade da classe trabalhadora. As centrais sindicais vêm realizando atos unitários, e na categoria petroleira temos conseguido avançar em algumas ações conjuntas exitosas, como a luta contra as privatizações e o Grupo de Trabalho da Petros. Contudo, a experiência da mesa única em 2019 mostrou que para se repetir precisa ser aprimorada.

Sem um acordo mínimo em como conduzir uma campanha unitária, a mesa única enfraqueceu a negociação com a empresa. Expor nossas divergências em uma mesa de negociação unitária perante a Petrobras, o TST ou mesmo perante a base, fragilizou a luta dos trabalhadores e se mostrou pior do que realizar mesas distintas. É necessário haver confiança mútua para a construção de uma luta unitária.

É preciso que haja respeito e acordos firmados, possibilitando um ambiente onde cada entidade possa expor suas posições e leituras da conjuntura sem que isso seja usado publicamente na disputa sindical. Sem isso não se constrói uma estratégia vitoriosa.

Nesse sentido, a 10ª Plenafup aprovou que para que seja possível a construção de uma mesa única de negociação do ACT, antes é necessário ter uma regra de conduta a ser negociada com a FNP. As principais preocupações por parte da FUP, baseadas na experiência passada, são: que não sejam divulgadas divergências entre nós durante a campanha e que todos defendam o que foi acordado nas prévias, tanto na mesa de negociação quanto na comunicação sindical. Superada a necessidade desse pacto mínimo, é necessário também unificar a pauta, antes de entregar/divulgar a mesma.

Independente da mesa única no ACT, é possível fazer caravanas e mobilizações conjuntas nas bases dentro/via dos Comitês de Luta e promover a unidade da categoria petroleira e das Federações (FUP e FNP) na luta contra a privatização do Sistema Petrobras com ações e publicações conjuntas. Além de autorizar a negociação da construção de um Encontro de mulheres unificado. Uma primeira reunião entre a FUP e a FNP foi marcada para a próxima segunda-feira (23/05) na sede da FUP no Rio de Janeiro.

Leia as propostas da FUP para a Regra de Conduta:

DG009-2022-Construcao-Responsavel-da-Unidade-da-Categoria-Petroleira