Conte sua história com o NF e ganhe uma mochila comemorativa dos 25 anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Lançada em 2 de julho, dia do aniversário do Sindipetro-NF, a campanha de vídeos “Nos conte a sua história com o NF” continua. Os primeiros 60 participantes vão ganhar uma mochila comemorativa dos 25 anos da entidade. O vídeo deve ter no máximo um minuto.

Para participar, basta acessar a área de envio do vídeo (aqui), ler o regulamento e mandar o seu depoimento. Sua história com o sindicato é muito importante nesta construção coletiva. O objetivo é estimular petroleiros e petroleiras, assim como militantes sociais e demais pessoas que tiveram trajetórias que passam ou passaram pelo sindicato, a registrar uma mensagem.

25 anos do NF

O sindicato iniciou no início deste mês a celebração dos seus 25 anos com a edição de um NF ao vivo dedicado ao tema — com as participações de dois dos ex-coordenadores gerais da entidade, José Maria Rangel e Antônio Carlos Rangel, e do diretor da CUT e também do NF, Vitor Carvalho, em conversa moderada pelo coordenador de Comunicação da entidade, Rafael Crespo.

O boletim Nascente listou 25 momentos marcantes da história do sindicato, desde as primeiras reuniões de petroleiros e petroleiras da região, no sonho de ter um sindicato próprio, passando pela posse da diretoria em 2 de julho de 1996 e pelas diversas lutas e conquistas até os tempos atuais.

Também para marcar os 25 anos, a Rádio NF publicou uma série de podcasts sobre a história da entidade. O primeiro episódio tem as participações dos três primeiros coordenadores gerais do Sindipetro-NF: Luiz Carlos Mendonça, Antônio Carlos Rangel e Fernando Carvalho. O segundo episódio conversou com os três coordenadores gerais seguintes: José Maria Rangel, Marcos Breda e Tezeu Bezerra. E, por fim, um terceiro episódio discutiu o futuro do sindicato diante das mudanças no mundo do trabalho, com a diretora nacional da CUT, Junéia Batista, o economista do Dieese-NF, Carlos Takashi, e o diretor do NF e da FUP, Tadeu Porto.

Estão sendo produzidos ainda um documentário e uma revista especial sobre os 25 anos do sindicato, registrando acontecimentos históricos da organização dos petroleiros e petroleiras da região, assim como os desafios mais recentes e depoimentos dos militantes e dirigentes que participaram dessa construção.